Ação contra a dengue já visitou mais de 8 mil imóveis neste ano

Em 2019, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, já visitou 8.041 imóveis na ação “Casa a Casa” para a orientação dos moradores quanto aos riscos de se manter criadouros de mosquitos e como eliminá-los. A ação foca principalmente no combate ao Aedes aegypti, que, além da dengue, também transmite outras arboviroses, como chikungunya, zika e febre amarela.

Este trabalho é realizado a partir da cobertura de pelo menos 80% de todos os domicílios das áreas urbanas, gerando relatórios e a identificação de áreas prioritárias para monitoramento e intensificação das ações de prevenção.

Além disso, até o momento foram coletadas 721 amostras em domicílios para Avaliação de Densidade Larvária – ADL, que serve para identificação da presença do Aedes aegypti e assim proceder a varredura dos quarteirões correspondentes.

Foram realizados, ainda, 371 Bloqueios para Controle Mecânico e Nebulização (BCC e BN) nos perímetros ao redor de casos suspeitos de dengue mesmo antes da sua confirmação laboratorial para eliminação de criadouros e aplicação de inseticidas conforme norma técnica da SUCEN – Superintendência de Controle de Endemias (órgão de referência do governo do Estado).

Acesso Rápido