DIA 23 DE ABRIL – HOJE É DIA DO CHORO

SAIBA O QUE É, E QUEM FOI SUA MAIOR EXPRESSÃO

Você gosta de música? Música brasileira, de primeira, da melhor qualidade? Então, prepara-se para curtir o CHORO, popularmente chamado de CHORINHO. Este gênero de música popular e instrumental brasileira, surgiu no Rio de Janeiro, em meados do século XIX, e pode ser considerado como a primeira música urbana tipicamente brasileira, que ao longo dos anos se transformou em um dos gêneros mais prestigiados da música popular nacional, reconhecido em excelência e requinte.

O chorinho, segundo especialistas, deriva do lundu, um ritmo de inspiração africana, que tem como base a percussão. A composição instrumental dos primeiros grupos de choro era baseada na trinca flauta, violão e cavaquinho. Sem falar na sua improvisação, condição básica do bom chorão, termo usado aos músicos integrantes do choro. Além disso, admite uma grande variedade na composição instrumental de cada conjunto e comporta a participação de um grande número de participantes.

QUANDO SURGIU

Os primeiros conjuntos de choro surgiram por volta da década de 1870, nascidos nas biroscas do bairro Cidade Nova e nos quintais dos subúrbios cariocas. O flautista e compositor Joaquim Antônio da Silva Calado, os pianistas Ernesto Nazaré e Chiquinha Gonzaga, e o maestro Anacleto de Medeiros compuseram quadrilhas, polcas, tangos, maxixes, xotes e marchas, estabelecendo os pilares do choro e da música popular carioca da virada do século XIX para o século XX.

Com a difusão de bandas de música e do rádio foi ganhando todo o território nacional. Herdeiro de toda essa tradição musical, Pixinguinha consolidou o choro como gênero musical, levando o virtuosismo na flauta e aperfeiçoando a linguagem do contraponto com seu saxofone e organizou inúmeros grupos musicais, tornando-se o maior compositor de choro. Aliás, o dia do choro, foi instituído em homenagem ao Pixinguinha, que comemora seu aniversário no mesmo dia.

SUA MAIOR EXPRESSÃO

Embora este movimento musical tenha nomes de muita qualidade, Pixinguinha foi um dos músicos mais importantes da fase inicial da Música Popular Brasileira (MPB), especialmente o choro. É considerado o maior flautista brasileiro de todos os tempos, além de um irreverente arranjador e compositor. Entre suas composições de maior sucesso estão: Carinhoso (1923), Lamento e Rosa.

 

Acesso Rápido

Skip to content