FAMÍLIAS PRECISAM ESTAR CADASTRADAS OU COM CADASTRO ATUALIZADO PARA RECEBER AUXÍLIO-BRASIL

Cadastro Único teve prazo prorrogado para evitar bloqueio de benefícios sociais.

Os beneficiários do Cadastro Único (CadÚnico) precisam atualizar os dados para não ter o repasse de alguns benefícios como o ‘Auxílio Brasil’ interrompidos. Aqueles que ainda não possui o cadastro. De acordo com o Ministério da Cidadania esse processo de atualização, que poderá ser feito até o mês de outubro desse ano, engloba 8 milhões de famílias.

As regularizações dos cadastros se dividem em duas modalidades, sendo a revisão cadastral, que trata de casos de cadastrados que atualizaram os dados pela última vez entre 2016 e 2017. Já a averiguação cadastral é referente aos cadastrados que tenham discordância entre os dados preenchidos e o cruzamento de informações com outras fontes de checagem.

Com a atualização e regularização dos dados, os inscritos evitam o cancelamento da inscrição da família no programa social de auxílio financeiro conhecido como ‘Auxílio Brasil’ e do ‘Tarifa Social de Energia Elétrica’.

 

– PRAZOS

As famílias com cadastro desatualizado, cuja renda esteja acima de meio salário mínimo (R$ 606,01) por pessoa e que, apresente pelo menos um integrante da família com renda divergente em relação a esses registros, em pelo menos um mês de análise terá até o mês de agosto para atualizar as informações.

Já as famílias com cadastro atualizado, porém cuja a renda calculada a partir dos dados de outros registros administrativos do Governo Federal esteja acima da linha de pobreza e abaixo de ½ salário mínimo (entre R$ 210,01 a R$ 606,00) por pessoa, e que apresente pelo menos uma pessoa com renda divergente em relação a esses registros durante seis meses consecutivos de análise também terá até agosto para averiguar os dados.

Os cadastros desatualizados desde 2016 ou 2017 das famílias poderão ser revistos até o mês de outubro, para evitar o bloqueio do ‘Auxílio Brasil’. Para evitar o cancelamento do Auxílio Brasil e da Tarifa Social de Energia Elétrica, os beneficiários terão até dezembro para regular a situação.

 

– COMO REVISAR OU AVERIGUAR

Os cadastrados poderão saber se estão na lista de revisão cadastral por meio de mensagens nos comprovantes de pagamento dos benefícios ou nos postos da prefeitura que cuidam do Cadastro Único.

A atualização cadastral deve ser feita presencialmente, nos postos da prefeitura que cuidam do CadÚnico ou em um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e a orientação do governo é agendar o atendimento pela internet antes.

Há um aplicativo do Cadastro Único para checar se os dados estão atualizados. No app, as famílias também ficam sabendo se estão em Averiguação ou Revisão Cadastral e o que devem fazer para regularizar seus registros. Caso não tenha ocorrido alteração nas informações, basta só confirmar os dados.

Se o beneficiário não fizer a revisão cadastral no prazo estipulado, poderá ter o benefício bloqueado e, posteriormente, cancelado.

 

– LISTA DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA CADASTRO OU ATUALIZAÇÃO:

RG, CPF, NIS, Certidão de Nascimento ou Casamento, Comprovante de Residência atualizado e Declaração Escolar de Crianças e adolescentes atualizada.

 

– CONFIRA OS POSTOS DE ATENDIMENTO DE MAIRIPORÃ:

CRAS Terra Preta – Rua João Pedro Miziara, 260 – Terra Preta – Telefone: 4486-3629

CRAS Centro – Rua Ipiranga, nº 166 – Centro – Telefone: 4419-1624

CRAS Petrópolis – Rua São Pedro, nº 210 – Roseira – Telefone: 4485-5098

Acesso Rápido

Skip to content