MAIRIPORÃ REVELA TALENTOS EM GRANDES CONCURSOS MUSICAIS

Dois jovens artistas da cidade foram destaques no cenário musical dentro e fora do Brasil.

A prefeitura recebeu a visita nesta semana de dois jovens talentosos na última quinta-feira (8), após conquistarem importantes prêmios em concursos musicais online. Aos 22 anos, Giovanni Kvint, um multi-instrumentista vencedor da 35ª edição do Festival virtual “Voz da Quarentena”. Com apenas 15 anos, Pedro Tessaro Augusto conquistou o terceiro lugar no ‘II Encontro Internacional de Pianistas On-line Crescendo’, realizado nos dias 3 e 4 de julho na cidade de Oeiras, em Portugal.

“Os dois músicos, moradores de Mairiporã, esbanjam talento e tem levado o nome da cidade para todo lugar em que tocam ou cantam, por isso temos que valorizar todos os artistas da cidade, em todas as áreas culturais. Temos um celeiro de talentos e precisamos investir e lapidar essas riquezas”, comentou o chefe do Executivo Municipal.

Giovanni Kvint

Autodidata, começou a tocar violão aos 13 anos e acabou partindo para outros instrumentos, em especial a Guitarra.

Giovanni foi um dos 12 selecionados para concorrer ao prêmio do Festival Voz da Quarentena entre centenas de participantes de estados como Rio de Janeiro, Goiás, Bahia, Maranhão, Paraná, Minas Gerais, Ceará e São Paulo.

A competição foi realizada virtualmente e acompanhada por cerca de 30 mil seguidores do evento de uma rede social. Após 3 etapas, Kvint levou o troféu para casa, além de um prêmio pago em dinheiro.

 

Pedro Tessaro Augusto

Tímido, jogador de vídeo-game e estudante do 1º ano do ensino médio, Pedro conquistou o 3º lugar no ‘II concurso Internacional de pianistas On-line Crescendo’, que aconteceu nos dias 3 e 4 de julho em Portugal, na cidade de Oeiras.

A influência musical veio da avó, professora de piano e, aos 8 anos o menino começou a descobrir a música. Depois disso vieram novas experiências com o violão, saxofone e flauta, mas foi o mesmo instrumento da avó que o encantou e levou o jovem a ingressar na Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP – Tom Jobim) aos 11 anos de idade.

Músico de piano clássico, músicas eruditas e intérprete de Chopin, o adolescente sonha em cursar música, tocar no exterior e ser um grande professor de piano.

Acesso Rápido

Skip to content