VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER É CRIME

A violência doméstica tem crescido muito nos últimos anos e durante esta quarentena o número de casos de abusos tem aumentado gradativamente. Um dado que pode comprovar isso é que o Brasil registrou 105.821 denúncias de violência, cerca de 12 denúncias por hora no ano de 2020.

É importante dizer que das mais de 105.000 denúncias, 72% (75.894 denúncias) se referem à violência doméstica e familiar contra a mulher, incluindo ações ou omissões que causam morte, sofrimento físico, lesão, abuso sexual ou psicológico. Já os outros 28%, (29.927), são referentes à violação de direitos civis e políticos, como o tráfico de pessoas e o cárcere privado. Essa porcentagem também está relacionada à liberdade de religião e crença e o acesso a direitos sociais como saúde, educação, cultura e segurança.

As denúncias de violência contra a mulher representam cerca de 30% de todas as denúncias realizadas no Disque 100 e no Ligue 180 em 2020, que totalizaram 359 mil.

EM MAIRIPORÃ

Em relação ao município de Mairiporã, no ano de 2020, a cidade recebeu 167 denúncias, sendo que deste número, 160 realizaram o Boletim de Ocorrência. Já este ano de 2021, foram feitos 25 Boletins de Ocorrências (B.O), só até o mês de Fevereiro.

FORMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Existem várias formas de violência doméstica. Caso esteja vivenciando ou conheça  alguém que esteja em situações  de humilhações, insultos ou abordado aos gritos, privado do convívio de familiares e de amigos, sexo contra à vontade ou na obrigação de fazer o que não gosta, negação no uso de preservativo, proibição na prevenção de gravidez, acusações injustas, empurrões, chutes, socos, tapas ou qualquer outro tipo de agressão, também perseguições ou ameaças, cárcere privado, ameaça com qualquer tipo de arma, assédio psicológico ou tortura, ter o próprio dinheiro controlado, ser impedida de realizar compras com o seu dinheiro, ter os seus objetos destruídos, ser proibida de trabalhar ou ter seus bens e propriedades ocultados, você pode estar sendo vítima de violência doméstica.

VOCÊ É A VÍTIMA

Se você vem sendo agredida, você não é culpada, você é a vítima. Por isso fique bem atenta, porque não há como prever se você será vítima de violência doméstica. Mas se isto acontecer há como reagir e se defender. Além do mais, as vítimas precisam de apoio e segurança para recomeçar.

Os criminosos precisam ser denunciados….

Não se cale!!!!!

Seguem os números para denunciar:

Assistência social

CRAS – Centro – (11) 4419-1624

CRAS – Terra Preta – (11) 4486-3629

CRAS – Parque Petrópolis – (11) 4485-5098

CREAS – (11) 4604- 6443

Defesa e segurança

Delegacia Geral de Polícia – (11) 4604-2230

OAB – (11) 4419- 2971

 Saúde

Hospital e Maternidade Mairiporã – (11) 4604-2390

Secretaria da Saúde – (11) 4419-8499

CTA – Núcleo de Prevenção a Violência – (11) 4419-6517

 

NÃO SE CALE. DENUNCIE!

Acesso Rápido

Skip to content